Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Luly - Luly Diniz
Luly Diniz
Cadastrado desde: 17/04/2011

Texto mais recente: O CIO DOS TRÊS DIAS



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de Luly Diniz , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=5294

 
Textos & Poesias || Acrósticos
Imprimir - Impressora!
Imprimir
Dor na alma.
05/08/2012
Autor(a): Luly Diniz
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
Dor na alma.

Nunca pensei que sofreria tanto ao perder sua amizade,
Jamais vou esquecer seus olhos a me olhar com amor,
Nem o bater louco do meu coração ao te ver me olhando
Sentindo o mundo rodar como um carrossel desgovernado
Hoje vou deitar sem pedir nada a DEUS para mim... Vou rezar
Para que jamais teu coração conheça essa dor que rasga meu peito
Os soluços abafados teimam em sair da minha garganta
Queria poder correr e, só parar quando esquecesse que um dia
Amei e fui amada.
Perdi meu chão o motivo da mina luta para vencer... Vencer para que um
Dia eu pudesse ir ao teu encontro para consumar esse amor ausente
Que farei agora... Tudo perdeu o sentido, nada mais importa.
A madrugada começa junto com a minha agonia.
Parece que minha alma fugiu do meu corpo
Estrangulada pela dor.
Minhas mãos tremem meus pés estão frios
Meus olhos perderam o brilho de menina.
Nada restou só eu o teclado e a solidão.

Luly Diniz.
05/08/12.
00h03min

Publicado no site: O Melhor da Web em 05/08/2012
Código do Texto: 94232
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Total comentários: 1
Obras do(a) Autor(a):