Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
ODIR MILANEZ DA CUNHA

Eu sou apenas uma luz que passa, de quando em vez, nos enxovais do mundo.
Milanez - ODIR MILANEZ DA CUNHA
RSS - As recentes de:ODIR MILANEZ DA CUNHA
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



ODIR MILANEZ DA CUNHA
Aniversário: 02/08
Cadastrado desde: 07/05/2009 -

Texto mais recente: PAI NOSSO, QUE ESTAIS NO CÉU!



Perfil
EU


Eu sou apenas uma luz que passa,
de quando em vez, nos enxovais do mundo.
Sou milésimo, apenas, de segundo,
um segundo que logo se esfumaça.

Eu sou um sonho de outro sonho à caça
e na caça de sonhos me aprofundo
para sonhar bem mais, ser mais fecundo
em cada arranjo que ao soneto faça.

Eu sou do verso a verve mais discreta,
que quando escreve quase ninguém lê,
que quando cala é solidão completa.

O meu estro se esvai sem rumo ou meta,
é passagem final que não se vê,
como se fosse sombra de um poeta.


Odir, de passagem



Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs
Sou Fã de...
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.