Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
ARMANDO AUGUSTO COELHO GARCIA

ELO - ARMANDO AUGUSTO COELHO GARCIA
RSS - As recentes de:ARMANDO AUGUSTO COELHO GARCIA
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



ARMANDO AUGUSTO COELHO GARCIA
Aniversário: 12/11
Cadastrado desde: 05/05/2008 -

Texto mais recente: Miranda - Minha Terra

Textos & Poesias || Poesia

Imprimir
Um contra-senso
19/04/2017
Autor(a): ARMANDO AUGUSTO COELHO GARCIA

Um contra-senso

Um contra-senso


Refletindo custa a crer
Que em Deus sejamos irmãos
A ciência salva os doentes,
Pra guerra, matar os sãos.

É, ou não, um contra-senso
Do ser humano animal,
Dentre seu labor imenso
Faz o bem, questiona o mal

A vida, assim nos condena
A salvar ou a matar
Pelejamos nesta arena
Até o mundo acabar !

É, ou não, um contra-senso
Dizer que somos irmãos               
A ciência cura os enfermos
Vem a guerra, mata os sãos

Por isso me custa a crer
Que sejamos todos irmãos,
Uns vêm pra padecer
Outros, cheios de afeição !

São Paulo, 19/04/2017 (data da criação)
Armando A. C. Garcia

Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com
http://criancaspoesias.blogspot.com

Direitos autorais registrados
Mantenha a autoria do poema


Publicado no site: O Melhor da Web em 19/04/2017
Código do Texto: 134739
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA!
DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs
Sou Fã de...