Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
JACI LEAL SANTANA

Você é a flor que nunca feneceu. Você é a flor que sempre amei.
grenda51 - JACI LEAL SANTANA
RSS - As recentes de:JACI LEAL SANTANA
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



JACI LEAL SANTANA
Aniversário: 08/03
Cadastrado desde: 21/07/2009 -

Texto mais recente: Deus Grego



Perfil
Jaci Leal Santana-Nasceu em Aracajú. Cursou Direito e, atualmente, dedica-se a poesia. Participa de Concursos Literários. Recebeu vários convites para participar de Antologias. Recebeu Menção Honrosa no I Concurso de Poemas Delfos, obtendo o 5º lugar com a divulgação do mesmo, no Jornal Le Ville. Em 2007, teve “seu primeiro “Livro de Poesia:” Amor, Sexo e Poesia” editado ela Litteris Editora e participação no Diário do Escritor de 2006 a 2009, também pela Litteris Editora. Em 2009, publicação da poesia “Mistura de Vinho” no Caderno Literário. Também em 2009, teve a Antologia “Canta Brasil”, editada pela Litteris Editora em parceria com a Kroarts lançada na Bienal do Livro RJ, com a apresentação do lançamento feita pelo Cantor Paulo Sérgio Valle. Ainda em 2009 recebeu menção Honrosa com a poesia “Cura” no 2º Jogos Florais do Século XXI e publicação de algumas poesias no Caderno 7 Faces. Tem suas poesias hospedadas no site: Blocos online, Recanto das Letras, O Melhor da Poesia na web, Associação dos Poetas Advogados, Poesias Sem Fronteiras, Artigonal, Sonetos.com. br, Borbollettah.com.br, Beco dos Poetas & escritores, Site de Poesias, A Garganta da Serpente. Luso-Poemas, Favas Contadas. Portal literal, Poetas em Desassossego.







CENTELHA DIVINA




Sou múltipla, e tantas outras.
Sou fogo, água, terra e ar.
Sou os quatro elementos,
Que compõem a energia vital.
Sou partículas de átomos,
Que habitam o espaço sideral,
Que mal posso, em meu rosto,
Ver-me estampada.
Sou espírito, sou matéria.
A luz difusa, que no infinito,
Em toda a sua extensão habita.
Sou a energia prima,
Que nasceu de uma centelha divina.
Sou a parte, sou o todo;
O incomensurável.
Sou semelhante ao Pai.
Meu mestre, meu guia.
Aquele que ao findar a luz da vida,
Conduze-ar-me-á,
Em suas imensas asas,
Ao portal do paraíso.


Jaci L Santana







Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs
Sou Fã de...