Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
LUIZINHO DE OLIVEIRA

"Ser poeta é ter o privilégio de dizer as verdades mais íntimas,sem contudo se comprometer..."
luizmatao - LUIZINHO DE OLIVEIRA
RSS - As recentes de:LUIZINHO DE OLIVEIRA
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



LUIZINHO DE OLIVEIRA
Aniversário: 28/06
Cadastrado desde: 12/08/2009 -

Texto mais recente: LEMBRANÇAS

Textos & Poesias || Poesia

Imprimir
LEMBRANÇAS
06/08/2011
Autor(a): LUIZINHO DE OLIVEIRA

LEMBRANÇAS

Quando meus olhos morenos
Olharam os teus tão azuis
Meu corpo todo tremeu
Algo em mim se acendeu
Meu caminho encheu-se de luz

Quando minha mão tímida
Seu rosto angelical tocou
Minh’alma encheu-se e encanto
O coração suspirou tanto
Um grande amor começou

Quando minha boca inocente
A sua então se encontrou
Felicidade maior não existia
Quão grande, como quis um dia
Um sonho se concretizou

Quando suas mãos pequenas
Cruzaram sobre os seios seus
Meu desespero foi tanto
O rosto banhado em pranto
Não suportando seu adeus

Quando vejo no espelho
A velhice em mim estampada
Poucos dias felizes vividos
A eternidade dos anos sofridos
Leve-me Deus! Pra minha amada!


Publicado no site: O Melhor da Web em 06/08/2011
Código do Texto: 81675
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA!
DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs
Sou Fã de...