Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
AGOSTINHO M. DA COSTA

Sou dono do meu silencio e das minhas palavras,mas nem sempre o que penso é compreendido.
Agostinho Costa - AGOSTINHO M. DA COSTA
RSS - As recentes de:AGOSTINHO M. DA COSTA
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



AGOSTINHO M. DA COSTA
Aniversário: 28/08
Cadastrado desde: 06/05/2008 -

Texto mais recente: Parabéns a GABRIEL; o anjo que DEUS nos enviou...,

Textos & Poesias || Poema

Imprimir
Na Calmaria dos Desejos
16/05/2017
Autor(a): AGOSTINHO M. DA COSTA

Na Calmaria dos Desejos


Assim que lhe avistei
Desejei beijar sua boca
Por mais que desejei
A meiguice das suas palavras
E o brilho dos seus olhos
Me serenaram!
Com o mais puro do amor...
Embevecidos de ternuras
Levou-me ao porto seguro
Como um barco à deriva
No embalo das ondas do marE
Fomos levados pelos ventos
E numa ilha paradisíaca
Nosso amor aconteceu...

E hoje relembrando aquele olhar
Recordo a calmaria das tuas palavras
Sinto novamente no meu corpo o frenesi esvaindo-se
E sem receios confesso que nos seus olhos suplicando
Revejo aquela ponte segura para novamente no êxtase
Atingir o que pensei ser meu, o agora seu!
O amor que nasceu, e viverá sempre
Quando lhe avistei pela primeira vez...



Publicado no site: O Melhor da Web em 16/05/2017
Código do Texto: 134960
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA!
DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs