Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
WILSON DE OLIVEIRA CARVALHO

SOU O QUE NINGÉM POR SER POR MIM, PORTANTO,ÚNICO.
Wil - WILSON DE OLIVEIRA CARVALHO
RSS - As recentes de:WILSON DE OLIVEIRA CARVALHO
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



WILSON DE OLIVEIRA CARVALHO
Aniversário: 05/05
Cadastrado desde: 24/08/2008 -

Texto mais recente: MEU PERENE REFÚGIO

Textos & Poesias || Amor

Imprimir
POR TODA A ETERNIDADE
08/07/2018
Autor(a): WILSON DE OLIVEIRA CARVALHO

POR TODA A ETERNIDADE

Quantas vezes não sei, sei
e diz muito de perto que não
consigo deixar de adentrar no
passado onde me realizei.

É lá que encontro a minha
perdida paz, é lá que abraço
minha espontaneidade que
adormeço ao som de minha melodia...

Foi lá que fui amado e que me
lembro nunca chorei e que de
todos os bens, eu simplesmente
fazia parte.

Amo voltar ao passado, amo poder
encontrar quem amava amo poder
enxergar com meus pensamentos
os botões de rosas que a ela presenteei.

Se pudesse viver nessa esfera, se pelo
menos pudesse deter-me em sua
bondade e em seus sinceros afagos,
como gostaria estar ao seu lado
por toda a eternidade minha amada.
image003



Publicado no site: O Melhor da Web em 08/07/2018
Código do Texto: 137882
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA!
DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs
Sou Fã de...
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.