Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
MANUELA

A poesia é ao mesmo tempo um esconderijo e um altifalante (Nadine Gordimer)
Manu - MANUELA
RSS - As recentes de:MANUELA
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



MANUELA
Aniversário: 22/08
Cadastrado desde: 23/04/2012 -

Texto mais recente: E se o visitante (Paulinho Assunção) (+tradução italiana)

Textos & Poesias || Poema

Imprimir
Viver (Mario Quintana) (+tradução italiana)
16/05/2017
Autor(a): MANUELA

Viver (Mario Quintana) (+tradução italiana)

Quem nunca quis morrer
Não sabe o que é viver
Não sabe que viver é abrir uma janelas
E pássaros pássaros sairão por ela
E hipocampos fosforescentes
Medusas translúcidas
Radiadas
Estrelas-do-mar...  Ah,
Viver é sair de repente
Do fundo do mar
E voar...
         e voar...
                 cada vez para mais alto
Como depois de se morrer!
_____________________________________


Tradução italiana de Manuela Colombo



Vivere
 
Chi mai desiderò morire
Non sa cosa sia vivere
Non sa che vivere è aprire una finestra
E uccelli, uccelli ne usciranno
E cavallucci marini fosforescenti
Meduse trasparenti
Raggianti
Stelle marine... Ah,
Viver è uscire d’un tratto
Dal fondo del mare
E volare...
e volare...
sempre più in alto
Come dopo esser morti!




Publicado no site: O Melhor da Web em 16/05/2017
Código do Texto: 134953
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA!
DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs