Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
Silvio Dutra

Todas imagens extraídas da galeria do Google.
kuryos - Silvio Dutra
RSS - As recentes de:Silvio Dutra
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



Silvio Dutra
Aniversário: 25/11
Cadastrado desde: 29/08/2012 -

Texto mais recente: A difícil Aplicação do Mandamento de Jesus para que não Julguemos

Textos & Poesias || Evangélicas

Imprimir
Recompensa do Amor
07/02/2019
Autor(a): Silvio Dutra

Recompensa do Amor


Sermão nº 3433
Por Charles H. Spurgeon (1834-1892)
Traduzido, Adaptado e
Editado por Silvio Dutra
Jan/2019
2
S772
Spurgeon, Charles H.- 1834-1892
Recompensa do amor / Charles H. Spurgeon
Tradução e adaptação Silvio Dutra Alves – Rio
de Janeiro, 2019.
35p.; 14,8 x21cm
1. Teologia. 2. Pregação. 3. Alves, Silvio Dutra.
I. Título.
CDD 252
3
“Porque a mim se apegou com amor, eu o livrarei; pô-lo-ei a salvo, porque conhece o meu nome.” (Salmos 91:14)
Que este salmo foi escrito por Davi, não vemos razão para duvidar. Nos versos anteriores, temos as palavras do próprio salmista. Aqui, no entanto, há uma mudança de quem fala. A promessa é dita por Deus, nestas três frases finais. Sem dúvida, as palavras dos homens inspirados são muito preciosas como testemunho divino, mas quando o próprio Deus nos fala diretamente em seu próprio nome, que peso extraordinário atribui a cada sílaba que Ele profere!
Querido filho de Deus, você que é um crente em Jesus, você não pode pensar que você ouve o seu Deus dizendo, a você, com a Sua própria e graciosa voz asseguradora: “Porque ele colocou o seu amor em Mim, eu o livrarei."? E note que Ele repete estas palavras: "Eu irei", quatro vezes, como se para dar-lhes a ênfase mais marcante! Certamente isso tem a intenção de ministrar algum conforto e renovação ao povo do Senhor. Eu oro ao Espírito Santo, o Consolador, para dar a Palavra e aplicá-la. “Porque”, diz o Altíssimo, “ele colocou seu amor sobre Mim”. Devemos olhar isso com cuidado, pois contém uma
4
descrição de caráter. Se nos encontrarmos classificados aqui, será bom para nós, caso contrário, teremos razão para profunda ansiedade.
Nosso amor está fundado em Deus? Sondem seus corações, pois a questão é muito pungente. O hebraico original tem mais força do que nossa tradução expressa, embora eu não saiba exatamente como aperfeiçoar nossa versão. A ideia, no entanto, é algo assim - "Apaixonar-se" - embora com toda a ternura da paixão e todo o transporte da devoção, a criatura ansiava por seu criador, e o homem mortal nutria uma intensa afeição pelo Deus eterno.
I. O AMOR SUPREMO DO CORAÇÃO. "Ele colocou o seu amor em Mim". Seu amor! Tal amor atrai as simpatias com sua atração irresistível, como ilumina os pensamentos com seu ardente brilho, como une o coração com seus laços indissolúveis! Sim, tal amor como esse derrete a alma com seus potentes encantos. Eu gostaria que você pensasse nisso, agora, como um fato, não como uma ficção ou como uma fantasia. Essa palavra, amor, é traduzível para as muitas línguas da terra, e assim passa entre os milhões em todas as épocas e todos os climas. Mas apenas corações sintonizados podem sentir isso - só encontra eco
5
nas mentes mais puras. Mas, para explicar, por que, era preciso combinar o gênio de um poeta com as emoções de uma criança, um marido ou esposa, um pai, um amigo, todas as relações terrenas em alguém para pintar o amor genuíno em linguagem viva! E mesmo assim tudo foi sentido, e pouco, muito pouco, contado! Oh, mas esta é uma questão alta, a saber, um homem colocar seu amor em Deus! Seu amor - não um sentimento frio, nem uma aprovação lânguida, nem uma condescendência leve, nem um mero respeito formal, mas amor, amor ardente que, como carvões de zimbro, produz uma chama veemente – seu amor se apega a Deus, como um rio que se põe sobre o seu curso para o mar, seu volume sempre inchando, sua maré se tornando cada vez mais rápida. Responda agora, querido ouvinte, você pode dizer que você colocou seu amor em Deus? Se assim foi, você foi o sujeito de uma grande mudança - uma misteriosa transformação - pois seu coração estava naturalmente em inimizade com Deus, e os instintos de sua mente e os desejos da carne eram estranhos a ele. Olhe para trás. Compare o seu eu atual com o seu eu anterior e considere a diferença. Se você não estava, em seu estado não regenerado, em ativa hostilidade a Deus, ainda assim você era indiferente a ele. Deus não estava em todos os seus pensamentos. Você poderia se levantar de
6
manhã e deitar-se para descansar à noite sem falar com Deus. Você poderia ir ao seu trabalho e trabalhar e voltar a buscar sua recreação sem buscar ou reconhecer Deus em todos os seus caminhos. Com prazer você tentaria até mesmo sofrer, morrer no leito da doença quando for chamado, lutando com fraqueza, confiando na habilidade do médico - sem apelar a Deus, seu criador e seu preservador! Este foi o seu estado natural, a inclinação e o preconceito da sua vontade perversa! E em tal obstáculo você teria continuado a esta hora se a soberana graça de Deus, livre, rica e imerecida, não tivesse se interposto! Seu amor agora está em cima de Deus? Então uma grande mudança passou por você como se um homem morto tivesse sido vivificado! Como se a escuridão da meia-noite tivesse subitamente voltado ao brilho do meio-dia! Uma grande maravilha da graça, um milagre da misericórdia salvadora tem sido trabalhado em você! Embora você deva saber a quem isso deve ser atribuído, deixe-me refrescar sua memória, por algum tempo, para que eu possa despertar sua gratidão. Não vem isso do Senhor, que é maravilhoso em conselho e excelente em trabalhar? Confie nisso, só quem lhe criou, poderia fazer você novo! Somente aquela voz que trouxe a luz das trevas e a ordem do caos poderia ter dissipado suas futilidades ou inflamado sua alma com amor, e feito sua
7
conhecida apatia e aversão dar lugar a um ardor santo e a um afeto devoto! Certamente o reino de Deus se aproximou de você! A salvação chegou à sua casa! O Senhor olhou para você e falou com você! O Espírito eterno tem meditado sobre suas faculdades enfadonhas e, por assim dizer, você foi regenerado pelo sopro da boca de Deus! Você é nascido de novo, não de semente corruptível, mas de incorruptível - pela Palavra de Deus que vive e permanece para sempre. Portanto, você é em Cristo, uma nova criatura!
Revolva essas coisas em sua alma, esse conjunto de bênçãos vivas, para que sua gratidão possa florescer com alegria em Deus e seu louvor ao Senhor possa explodir em canções melodiosas!
Não falo de um assunto que deveria obrigar a língua de todo homem redimido a dizer: “Hosana nas alturas”? Seria maravilhoso se mil vozes proferissem um alto aleluia? Seu amor a Deus não é uma planta auto semeada. Se você colocou seu amor nEle, é porque Ele primeiro colocou Seu amor em você. O que? Seu amor foi espontaneamente para Deus, sem qualquer restrição para violar sua vontade? Quando Ele ergueu sobre você a luz de Seu semblante, e quando você achou graça em Seus olhos, havia encantos, atrações, situações compatíveis com a natureza de sua mente! Havia doces restrições
8
de encantamento divino que o enamoravam das belezas de Cristo - um poderoso encanto de persuasão divina que o levou a ouvir a voz de Cristo e crer! E agora que você o viu e conheceu, não pode fazer outra coisa senão amá-lo! Deus foi revelado a você na pessoa e obra de Seu Filho, e seu coração foi aquecido - suas afeições foram inflamadas - toda a sua alma foi atraída para Ele! Então o Senhor lhe observa e diz: “Ele colocou o seu amor em Mim”.
Você é o homem de quem Deus fala? Então peço-lhe para se declarar a si mesmo e ao seu Deus, agora, na presença de todo o Seu povo. "Sim", você pode dizer: "Eu amo meu Deus. Agora não posso viver sem pensamentos sobre Ele, nem desejo fazê-lo. E quando, por um tempo, através da pressão do cuidado, eu não volto a minha alma para Deus, ainda, quando a pressão é removida, minha mente volta para Ele, quando a pomba voa de volta para o pombal e quando a agulha treme de volta para o polo. Nunca sou mais feliz do que quando meus pensamentos estão com meu Deus, nem há qualquer pensamento tão primordial em minha alma quanto o pensamento de que Ele me ama e que, consequentemente, desejo viver em obediência aos Seus mandamentos, buscando Sua honra e me esforçando. para promover a Sua glória”.
9
Eu, espero, amado, se o Senhor Jesus tivesse de apelar para você, como Ele fez com Seu servo, Pedro, você poderia suportar o triplo interrogatório “Tu me amas?” E você responderia com Pedro no final, “você sabe todas as coisas. Você sabe que eu te amo”. Portanto, este seu amor, que você possui, seja em sua alma uma chama cada vez mais consumidora! Não deixe nada entrar para apagá-lo ou diminuir seu ardor. Não deixe nada em sua conduta obscurecer sua veracidade. Não tolere qualquer ídolo para dividir o trono que Deus reivindicou em suas afeições. Chore contra a admissão de qualquer intruso. Suplique ao Senhor que fique perto de você e lhe conduza para longe de toda a atração e sedução que desperte rivalidade no teu peito. Seja sua própria e forte determinação, no poder de Seu Espírito, que, como você O ama, você procurará amá-lo cada vez mais e, até o seu último dia de vida, será a paixão e o mestre de sua alma que Deus deve ser tudo-em-tudo consagrado dentro do coração como o Senhor do seio. “Ele colocou seu amor sobre Mim”.
(Nota do tradutor: Quando andamos em fidelidade a Deus, guardando a Sua Palavra, Ele mesmo é quem incendeia o nosso coração e o inflama com o amor do Espírito Santo, especialmente para darmos testemunho das
10
coisas espirituais, celestiais e divinas, e da graça e glória do Senhor Jesus Cristo, ao nosso próximo.
Muitas vezes, quando até mesmo nem esperávamos, o Senhor nos moveu com o Seu próprio amor em nós, para consolarmos e edificarmos aqueles aos quais fomos dirigidos pelo Espírito. E nestas ocasiões, nós mesmos fomos edificados e exultamos pelo mover do Seu amor em nós, de forma que ao fortalecer espiritualmente a outros, fomos também fortalecidos e abençoados.)
Acho que ouvi alguns de vocês dizerem: “Oh, que eu pudesse amá-lo! Eu tenho um pouco de medo de dizer que eu O amo”. Ainda assim, talvez você seja a mesma pessoa que, se levada à prova, provaria ser o mais verdadeiro amante de seu Salvador. Mas eu ouço seu sussurro interior: “Embora eu faça muito que possa me fazer temer e questionar a sinceridade do meu amor a Ele, ainda assim, às vezes as emoções da minha alma tiram o melhor desses escrúpulos por um tempo e falam do seu fervor. Sim meu Jesus! Eu amo você! Eu sei e sinto que você é minha porção. Oh, meu Deus, eu desejo te amar mais. Eu me entrego a Ti.”
11
Você sabe, amado, que não é sempre fácil de mover o afeto do amor. Pode estar na alma e ficar lá em silêncio. Embora eu saiba que amo o Salvador, lembro-me de uma época em que estava em dúvida se tinha algum amor para com Ele, até que, enquanto ouvia um sermão de um bom irmão, a verdade que ele pronunciou agitou tanto a minha alma que coloquei o amor que estava adormecido em meu espírito em movimento e percebi que, afinal de contas, eu amava meu Senhor e Mestre, e tinha a Sua verdade perto do meu coração!
Agora, pode ser que Deus levante algo na providência, ou algo em conexão com algum companheiro cristão, que fará com que seu amor se acenda e você dirá dentro de si mesmo: “Ali está, afinal de contas! Eu temia que tivesse morrido.”
Você se lembra de quando você colocou seu amor em Deus pela primeira vez? Você se lembra do lugar onde Jesus se encontrou com você, onde o peso do pecado foi tirado de você e sua transgressão, como uma nuvem espessa, foi levada pelo vento? Ah, então o Salvador foi muito, muito querido por você. Você fixou seu amor nEle. Você não se lembra, desde então, de muitos momentos e ocasiões especiais quando renovou seu voto, quando sua alma estendeu
12
suas asas para Jesus, e Ele olhou para você e você em direção a Ele, e o amor de seus partidários foi restaurada? Oh, isso pode ser agora! Mas, haja ou não chamas de afeição, queimem as brasas e digam dentro de seu espírito: “Sim, meu Salvador, sem dúvida, eu amo você e me agarro a você! Melhor é que meu coração pare de orar do que deixar de amá-lo!”
Receio que existam alguns aqui que nem colocam o coração em Deus nem se importam em fazê-lo. Para eles, só posso dizer: Deus não permita que sua atual indiferença seja sua escolha permanente! Sua decisão de não amar o Deus que te criou, não amar o Redentor dos homens, o Salvador dos pecadores, o espírito da graça - uma resolução tão obstinada quanto isso envolverá a perda de todos os privilégios que pertencem aos amantes de Cristo! E naquele dia “quando as águas mais próximas rolam, quando a tempestade se enfurece”, você pode se arrepender, quando já é tarde demais, de ter rejeitado aquele Jesus que, como amante de nossas almas, somente Ele pode nos encontrar um refúgio da tempestade e nos proteger da ira vindoura.
Você sabe, afinal de contas, que são mais felizes aqueles que mais amam a Deus. Só posso orar por você para que o Seu Espírito lhe ensine
13
sabedoria e o leve a renunciar à sua indiferença culpada e à sua aversão iníqua - e atraia você para a comunhão daqueles que puseram seu amor sobre Deus.
Agora devemos passar adiante. Nosso amor está definido? Então a próxima coisa que temos que notar é ...
II. O AMOR DE DEUS PROVIDO AO CORAÇÃO QUE O AMA. "Porque ele colocou o seu amor em Mim, portanto eu o livrarei." Entendido corretamente, esse sabor não é de mérito humano, mas de divina misericórdia. A posse deste amor não reflete nenhum crédito sobre a criatura, mas a produção dele é redundante para o louvor do Criador. Aquele que dá graça sobre graça acrescenta aqui outro elo de ouro para a cadeia de Sua própria bondade quando diz: “Eu o livrarei”. De que maneiras gentis a mãe acaricia seu bebê até que a criança se apegue a ela? E para os braços de nenhum estranho irá sem um grito! A mãe está satisfeita. Ela pressiona o bebê contra o peito e diz: “Sua coisinha doce e fofa, eu vou cuidar de você. Ninguém te fará mal.” Ainda assim, amado: “Como alguém a quem sua mãe conforta, assim o consolarei”, diz o Senhor. Há mais do que a ternura de uma mãe no coração de nosso Pai celestial! Venham, vocês, filhos de Deus, tomem
14
esta graciosa palavra dos lábios de seu Pai, e deixem suas almas satisfeitas com a gordura enquanto se alimentam dela: “Eu o livrarei”. Isso não significa que Ele irá defendê-lo de todos os seus inimigos? E de todos os seus medos? Você está exposto ao ridículo, à calúnia, à perseguição, à tirania? Ou você é provocado e atormentado com os olhares bajuladores, as palavras traiçoeiras, as artimanhas astuciosas, as seduções espalhafatosas daqueles que te seduziriam? Não tenha medo de seus rostos, se eles franzem a testa ou sorriem! Agarre-se ao seu próprio protetor, pois assim diz o Senhor: "Eu te livrarei". Seus piores inimigos são espíritos malignos, capazes de tentá-lo de muitas maneiras e de adequá-los às suas fraquezas - não os tema, até mesmo o Príncipe da potestade do ar, embora ele venha contra você com todos os seus dardos inflamados de uma só vez, não prevalecerá para destruí-lo, uma vez que está escrito: "Porque ele colocou o seu amor sobre mim, portanto, eu vou livrá-lo." Ao amar a Deus, Ele certamente livrará você de todos os poderes da terra e do inferno. Pode ser que suas tribulações temporais o assediem. Você está pobre e sem amigos, sem suprimentos e sem perspectivas? Ninguém conhece as picadas da pobreza, senão aqueles que as suportam. Foi tolice se preocupar com o amanhã enquanto você tem o suficiente por
15
hoje. Tome coragem, você que ama o Senhor e se apegue mais perto dEle quando o perigo parece mais próximo, pois esta promessa vai diante de você: “Eu o livrarei.” Sim, sem dúvida o jantar é ordenado quando o armário estiver vazio, pois não está escrito: “Não se envergonharão no dia do mal, e nos dias de fome serão servidos”? Ou, talvez, a doença tenha se infiltrado furtivamente sobre sua estrutura mortal. Aos poucos, você foi enfraquecido no corpo. Por que você deve tremer por causa das fraquezas de sua constituição, ou da decadência natural que vem com os anos de crescimento, pois você será salvo de todas as consequências da depressão do espírito e da fraqueza da carne - “Eu o livrarei.” Pode ser que o luto tenha privado sua vida de suas alegrias. Você tem perdido amigos, um por um. Você já carregou para o túmulo alguns dos mais próximos e queridos de seus parentes - e outros estão indo. O medo assombra seu seio que em breve você será deixado sozinho. O que você fará quando toda a ajuda falhar e toda a luz desaparecer de sua morada? Por que, então, você não terá essa promessa de recair? "Porque ele colocou o seu amor em Mim, portanto, eu o livrarei"? Não existem dificuldades ou lutas, nem preocupações nem cruzes, nem cargas cansativas ou dificuldades sombrias, nem privações no presente, nem fome em
16
perspectiva, nem dores ou perigos de qualquer tipo dos quais o Deus todo-generoso não possa livrar o seu povo! Apenas acredite na promessa e você a achará verdadeira! “Eu o livrarei”.
Você me diz que está sendo assombrado por uma forte tentação, que tem sido extremamente afligido com elas ultimamente - que sua condição e posição estão cheias de perigo - que, sendo tentado por aqueles que têm grande influência sobre você, seus passos estão bem próximos? Vá de joelhos! Clame ao seu Deus por força para suportar e poder superar, mas não se assuste com o medo covarde, pois se você colocou seu amor em Deus, está este registro, gravado como em bronze eterno: “Eu o livrarei”. terá graça igual ao seu tempo de provação! Você deve quebrar as armadilhas do inimigo! Embora você esteja fechado como Sansão em Gaza, e cercado por todos os lados com tentações, você deve acordar como um gigante, revigorado e, por sua força em Deus, erguer os portões da fortaleza e levá-los embora com umbral e tudo - e sua alma será livre! Talvez, no entanto, você seja vítima de outro medo, tenha medo de morrer. Morrer não é brincadeira de criança em momento algum, e aquele que trata do assunto não sabe o que faz. Mas você, talvez, está sujeito à escravidão pelo medo da morte; seus temíveis acompanhamentos, dores no corpo, falta de ar;
17
sua estranha perspectiva, uma vasta eternidade; e sua abordagem aproximada, o enrolar da cortina que esconde da visão mortal as cenas que estão além - tudo isso te assusta! Oh, não tenha problemas em mente! Você colocou seu amor em Jesus e seu coração se apega a Deus Pai? Então, no leito de definhamento, você encontrará gracioso socorro e agradecido alívio. Quando seu coração se enfraquecer e sua carne se deteriorar, sua alma será fortalecida e seu espírito dotado de vigor renovado! O cemitério será perfumado com flores do paraíso e o escuro sepulcro será iluminado com uma bendita esperança! Você deve ser gentilmente conduzido, não de maneira grosseira, através das sombras escuras. E como com as notas tenras de um réquiem, doce embora solene, ouvirás esta palavra alegre: "Eu o livrarei: eu o livrarei". Livrará você! O julgamento será lançado em triunfo! Vítima da morte, você será vitorioso! Como em uma carruagem de fogo, você será levado da terra das trevas para a terra da alegria! Para seu Pai e seu Deus você deve subir, levando seu cativeiro em cativeiro. Mas ah, isso não é um assunto para se levantar e pregar - é antes algo sobre o qual se sentar e pensar! Então, sente-se, você que ama o Salvador, e de novo, novamente, e novamente se deleite com essa palavra segura de promessa de aliança que é dada a você por sua porção:
18
“Porque ele fixou o seu amor em Mim, eu o livrarei"!
III. A PROMESSA DE DEUS PARA O ALTO CONHECIMENTO. Está estabelecido na última parte do nosso texto: “Porque ele conheceu o meu nome, pô-lo-ei a salvo”. Isto expressa um mistério sagrado: “Ele conheceu o meu nome”. O hebraico de antigamente não estava acostumado a usar o nome de Jeová, seja no discurso comum ou em seus escritos. Em seus livros sagrados, eles tinham o hábito de colocar a palavra “Adonai” ou “Senhor”, em vez da palavra “Jeová”, o nome de seu Deus.
Para muitas das nações pagãs, o nome distintivo do único Deus não era conhecido! Eles só ouviram a alusão das pessoas peculiares que se deleitavam em manter o nome para si. Agora há sempre um segredo sobre aquela religião vital que chega ao crente não apenas em palavras, mas também no poder, e no Espírito Santo - um segredo que o homem natural não pode discernir. “O segredo do Senhor está com aqueles que o temem, e ele lhes mostrará o seu pacto.” A forma particular de expressão usada no texto surge do fato de que havia alguns em Israel que não conheciam o nome de Deus, enquanto outros não O conheciam como o “EU SOU” (Jeová) - por esse nome superlativo que é
19
Seu memorial a todas as gerações. Veja Êxodo 3: 13-15. “13 Disse Moisés a Deus: Eis que, quando eu vier aos filhos de Israel e lhes disser: O Deus de vossos pais me enviou a vós outros; e eles me perguntarem: Qual é o seu nome? Que lhes direi? 14 Disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós outros. 15 Disse Deus ainda mais a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: O SENHOR, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, me enviou a vós outros; este é o meu nome eternamente, e assim serei lembrado de geração em geração.”
E é assim, hoje existem pessoas ensinadas por Deus, que conhecem o Senhor, enquanto o resto da humanidade não O conhece. Vamos tentar dar a este assunto um significado prático. "Ele conheceu o meu nome". Isso significa informação. Tu tens, ó minha alma, uma parte naquele alto privilégio de que nosso grande intercessor falou quando disse a Seu Pai: “Esta é a vida eterna, que eles conheçam a Ti, o único
20
Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem eviaste."?
Faça a si mesmo, meu leitor, a pergunta: você foi iniciado no mistério dessa comunhão com o Pai e Seu Filho, Jesus Cristo, desfrutando e andando na luz de Deus? Você conhece o Deus vivo? Você sabe que Ele existe, e não há nenhum além dele? Você sabe que Ele é onipotente e, portanto, você se curva diante dele? Você já viu que Ele é misericordioso e, portanto, colocou sua confiança nEle? Você já entendeu que Ele é justo e, portanto, você teme a Ele? Seus olhos já perceberam os atributos mesclados que compõem a coroa da Deidade e obrigam você a adorá-lo na beleza da santidade? Você pode discernir quão imparcial Ele é em punir o pecado e ainda como é gracioso em fornecer um resgate para os pecadores?
Quanto ao mundo ímpio, não lhes diz respeito se existe um Deus ou não! E quanto à excelência de seu caráter, eles não o consideram. Mas aqueles a quem Ele ama e a quem Ele estabelecerá no alto, deleitar-se-ão em conhecer o nome de Deus e enunciar suas letras místicas conforme são pintadas em Suas obras, desdobradas em Seus caminhos e reveladas em Sua Palavra! Eles fazem o seu estudo para saber o que pode ser conhecido dEle. Deus é o único objeto da busca
21
de sua vida. Oh, que eu soubesse onde poderia encontrá-lo, é o seu clamor instintivo! E o Espírito Santo tem prazer em ajudá-los em suas buscas. Opiniões, conjecturas, suposições nas verdades de Deus não valem nada. Você sabe ao certo o nome do Senhor, para que, sem hesitação, possa dizer: “Eu sei em quem tenho crido”? "Ele conheceu o meu nome". Isso significa confiança. Ele contou com isso. Ele veio e dependeu do nome de Deus como sua morada, o lar de sua alma. Onde está a sua confiança, ó homem, ó mulher? De que você depende para o tempo ou a eternidade? É por sua própria força, suas obras ou seus méritos? É na sua inteligência, sua riqueza, sua posição? Ah, então esses pobres adereços falharão em pouco tempo. Mas feliz é aquele homem que conhece o nome de Deus como sua confiança, seu refúgio, sua alta torre, seu lugar de defesa e segurança! Conhecer o nome de Deus implica, do mesmo modo, experiência. Acho que muitos de vocês poderiam se levantar e dizer: “Glória a Deus, eu o conheço pelas aflições em que o invoquei, e pelas libertações que Ele me enviou! Nas minhas horas de escuridão, descobri que Ele é uma luz que nunca falha. Eu fui ao Seu trono de misericórdia em tempos de necessidade, e então Ele apareceu para mim. Eu perguntei ao seu santo oráculo e Ele me respondeu com as palavras da Sua boca. ”Pouco
22
pode alguém saber de Deus que apenas ouviu falar dEle com a audição dos ouvidos. Nada é conhecido de Deus até conhecê-lo pela experiência - nada que seja de real valor. Tudo o que o ouvido aprende de Deus a partir do ensinamento de outro é superficial. Seu coração deve conhecer a Deus por sua profunda comunhão. Deixe-me perguntar-lhe, querido ouvinte, até onde você foi nesta escola de instrução e disciplina? Verificaremos quem você é e onde está a resposta que você é capaz de dar a essa pergunta. Dezenas de milhares de homens caminham por este mundo e nunca se encontram com Deus - eles não O buscam em seus problemas. Eles podem invocar o nome dEle e clamar: “Deus me ajude!” Em um estresse de tristeza ou uma onda de dor, mas eles O esquecem quando suas provações terminam. Oh, quão diferentes são os filhos de Deus!
“Aqueles que conhecem o Teu nome depositarão a sua confiança em Ti.” A confiança deles não é ocasional, mas habitualmente se aproximam de Deus!
Um bom ministro, sentado um dia na casa de um de seus empregados, ouviu um diálogo com uma mendiga que bateu à porta. A boa dona de casa abriu-a e disse à pobre criatura: “Não me perturbe agora. Não pretendo dar nada hoje.” A
23
resposta foi: “Por favor, não diga isto, senhora. Eu não sou novato. Você me conhece muito bem. Eu sou um velho mendigo à sua porta. Acho que implorei de você toda semana nos últimos sete anos. Não me mande embora, gentil senhora, eu te peço.” Ele estava prestes a ser expulso sem qualquer alívio, quando o ministro disse:“ Dê algo a ele por minha causa. Ele é a foto exata de mim. Seu apelo com você é exatamente o que eu sou obrigado a pleitear com meu Deus sempre que vou a ele. “Senhor, dá-me a tua misericórdia. Eu não sou recém-chegado - sou um velho mendigo. Fui dependente da Sua generosidade, um pensionista da sua caridade, muitos, muitos anos. Oh, não me jogue fora!”
A vida do cristão é uma vida de dependência de Deus. Ele sempre tem que ir até ele. Nunca há uma hora em que ele pudesse ficar sem o seu Deus. Agora, este é o homem de quem o texto fala: “Ele conheceu o Meu nome” - por longa experiência - ele passou a confiar na Minha bondade e no Meu amor. ”Então, amado, você observará a promessa que é dada a tal pessoa. “Eu o porei no alto porque ele conheceu o meu nome”. “Se Ele conhece o meu nome, eu ensinei a ele — Minha graça o fez saber disso. E agora, tendo-lhe dado tanta graça, eu lhe darei mais, e eu lhe darei a glória no final - eu o porei no alto.”
24
O que significa ser colocado no alto por Deus? Isso certamente implica graus. O cristão é um homem de hierarquia. Como assim? Porque todo homem a quem Deus coloca no alto, Ele reconhece como Seu filho, o faz ser, “um herdeiro de Deus e um herdeiro comum com Jesus Cristo”. Há muito respeito demonstrado no mundo pelo homem cuja boa sorte é ser herdeiro de um título nobre e grandes propriedades. Mas o que deve ser “um herdeiro de Deus” para ser “um herdeiro comum com Cristo Jesus”? Ser filho de um príncipe ou filho de um rei não é pouca coisa na estima da maioria dos homens. Acreditar que o sangue azul nas veias é honroso. Traçar seu pedigree até um imperador é motivo de orgulho. Mas o filho de Deus, como ele pode ser considerado nesta terra, embora ele deveria ter vivido e morrido em um sótão ou um porão, perto do vento ou perto do solo úmido, é um príncipe do sangue imperial! Ele é da família real do céu! Ele deve ser um par! Ele estará, em pouco tempo, na corte do Altíssimo! O sangue real corre dentro de suas veias, só que não é a realeza de um dia, nem pertence à coroa que é tão prontamente tirada da cabeça do portador. A “coroa que não se desvanece” pertence a todo homem que colocou seu amor sobre Deus e conhece o nome de Deus! Ele é colocado no alto, pois Deus o fez de um grau principesco. A promessa de "colocá-
25
lo no alto" também significará um lugar de segurança. O cristão, quando sua fé é como deveria ser, está tão acima de seus inimigos que eles não podem alcançá-lo. Às vezes temos estado no topo dos Alpes e vimos uma tempestade lá embaixo no vale. Tudo foi calmo sobre nossas cabeças à luz do sol, enquanto lá embaixo havia todo o tumulto da tempestade. Deus coloca Seus servos no alto, e frequentemente tão alto que quando os outros pensam que certamente irão perturbar sua paz e quebrar seu conforto, eles estão sorrindo e regozijando-se na atmosfera clara do céu, indiferentes ao tumulto que se alastrou por baixo deles! “O Senhor é meu pastor” eles dizem: “Eu não tenho falta de nada. Ele prepara uma mesa para mim na presença de meus inimigos.”
Deve ter sido uma coisa gloriosa para os franceses que estavam em um daqueles balões que subiram da cidade sitiada de Paris, para desprezar os soldados prussianos, que em vão. tentavam alcançá-los com suas balas, mas eles estavam muito altos! Deve dar uma sensação de segurança pensar que as balas atingem a metade do caminho e, em seguida, ficam aquém. Mas essa é a posição do cristão pela fé. Ele está em uma rocha tão alta que todos os tiros de seus inimigos não podem alcançá-lo! Ele está
26
perfeitamente seguro enquanto está perto de seu Deus. "Vou colocá-lo no alto" - fora do alcance do dano - "porque ele conhece o meu nome." É elevação e é segurança.
Ser colocado no alto, também, significa felicidade. Ele é o homem mais elevado, em alguns aspectos, é o homem mais feliz, pois ele possui contentamento em seu seio. Carregar dentro da alma uma satisfação pura com a vontade divina tem mais para torná-lo rico do que todos os cofres de Creso! E tal é o cristão. Recomendo-me ao homem cujo pecado é perdoado, a quem uma justiça perfeita é imputada, que é adotado na família divina, de cujo passado toda a escuridão é apagada, cujo presente é cheio de contentamento e cujo futuro é radiante de glória - Recomendo-me, digo eu, àquele homem que nada pode separar do amor de Cristo - um homem a quem todas as coisas pertencem, quer se trate de coisas presentes ou futuras, um homem a quem o próprio Cristo pertence e todos os tesouros de Deus - e diga se tal homem não é abençoado com todas as intenções de bem-aventurança, onde os abençoados devem ser encontrados? Se ele não é classificado entre os felizes, e colocado acima de todos os outros, onde a felicidade pode ser pensada? Em verdade, o cristão genuíno tem uma porção de felicidade a ele atribuída, que
27
supera todos os prazeres voluptuosos e alegrias inebriantes do sentido! Ele tem o direito de ser alegre, um dever de se alegrar cada vez mais! O mundano se vangloria de que é mais feliz do que você - é vaidoso, num vaivém vazio. Sua alegria - em que consiste, senão em brincadeiras, e artifícios maliciosos? Suas alegrias, senão brilham e racham e brilham - como espinhos que queimam por alguns minutos, e então se transformam em cinzas. Sua diversão nunca se comparará com sua felicidade! Eles podem ter mais risos, mas você tem mais vivacidade. Eles dissipam seus espíritos, enquanto você renova sua força! A melancolia segue sua alegria, mas sua calma evita futuros amanhãs e sua serenidade atual é o presságio certo de uma eternidade bem-vinda!
Então, "guarde o que você tem, para que ninguém tome a sua coroa". "Porque ele conhece o meu nome, eu vou colocá-lo no alto." Sim, amado, Ele nos levantou e nos fez sentar juntos em lugares celestiais em Jesus Cristo Em pouco tempo, tão pouco tempo com alguns de nós, para que pareça amanhã, teremos nosso lugar entre os anjos. Entre os anjos, eu disse? Mais perto do trono de Deus do que eles! Onde até mesmo Gabriel não pode se sentar - à direita de Deus, ao lado dele que usa nossa humanidade no trono de Deus! Lá Ele nos colocará no alto,
28
onde está o crucificado, Suas mãos ainda carregam as cicatrizes e Seus pés as marcas dos cravos - Ele nos colocará lá! Nossos corações não saltam com o próprio pensamento?
Dignos de ser lançados no mais baixo poço do inferno, e ainda assim infinita misericórdia nos prometeu um lugar de honra no céu! Durante a última semana, dois, três irmãos e irmãs veneráveis, ornamentos da nossa denominação, já passaram - alguns com quem tenho o hábito de dar bons conselhos. Havia um querido irmão que, na semana passada, era forte e saudável - um homem que, embora suas mãos e mente estivessem ocupadas com os cuidados desta vida, se deleitava em pregar o evangelho e era o pastor de uma igreja. Quando soube de sua partida, pareceu-me perceber de maneira mais vívida como estamos próximos do mundo que está por vir. Muito em breve, meus irmãos e irmãs, vocês ouvirão de alguns nesta congregação que passaram pelo dilúvio. Temos em nossa memória, queridos nomes, os nomes daqueles que são queridos para essa congregação, cujos espíritos posso imaginar conosco sempre que nos reunimos na mesa de comunhão. Eu posso, sem qualquer extravagância desmedida, imaginá-los frequentemente dentro desses corredores. Tanto eles pareciam ser parte integrante de nós
29
mesmos, que quando sinto falta deles em seu lugar conhecido, admiro que não mais o ocupem; e em breve alguns de vocês também estarão desaparecidos - o pastor, talvez? Ou os diáconos, ou os presbíteros, ou alguns de vocês cujos velhos rostos familiares nos cumprimentam constantemente. Finalmente você se foi! Mas oh, que bênção se foi aumentar o número dos glorificados, completar a orquestra do céu, adicionar algumas notas frescas à música eterna! O exército lá tem lacunas em suas fileiras - elas, sem nós, não podem ser perfeitas. Em breve, passaremos para a maioria. Em breve iremos do militante para o triunfante, daqueles que se sentam aqui e choram sobre suas imperfeições, para aqueles que se sentam lá, veem seu Senhor e se alegram por serem como Ele! Vamos antecipar a reunião lá e celebrar a comunhão aqui, cheia das alegrias da esperança e das visões daquela terra melhor para a qual viajamos como peregrinos!
"Porque ele pôs o seu amor sobre mim, portanto eu o livrarei" - há a sua promessa para esta vida! “Vou colocá-lo no alto porque ele conhece o meu nome” - há a Sua promessa da vida por vir! Eu desejo, oh, como eu desejo, essa promessa pertence a todos vocês! Infelizmente, alguns de vocês não conhecem o nome dele! Nem você coloca seu amor nEle. Você deve ir embora sem
30
essa bênção! Procure isso. Peça perdão aos pés do Salvador. Deus está disposto a ouvir a oração, e quando Ele te obriga a orar, Ele certamente dará a resposta. “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo.” Salmos – 91 1 O que habita no esconderijo do Altíssimo e descansa à sombra do Onipotente 2 diz ao SENHOR: Meu refúgio e meu baluarte, Deus meu, em quem confio. 3 Pois ele te livrará do laço do passarinheiro e da peste perniciosa. 4 Cobrir-te-á com as suas penas, e, sob suas asas, estarás seguro; a sua verdade é pavês e escudo. 5 Não te assustarás do terror noturno, nem da seta que voa de dia, 6 nem da peste que se propaga nas trevas, nem da mortandade que assola ao meio-dia. 7 Caiam mil ao teu lado, e dez mil, à tua direita; tu não serás atingido. 8 Somente com os teus olhos contemplarás e verás o castigo dos ímpios.
31
9 Pois disseste: O SENHOR é o meu refúgio. Fizeste do Altíssimo a tua morada. 10 Nenhum mal te sucederá, praga nenhuma chegará à tua tenda. 11 Porque aos seus anjos dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus caminhos. 12 Eles te sustentarão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra. 13 Pisarás o leão e a áspide, calcarás aos pés o leãozinho e a serpente. 14 Porque a mim se apegou com amor, eu o livrarei; pô-lo-ei a salvo, porque conhece o meu nome. 15 Ele me invocará, e eu lhe responderei; na sua angústia eu estarei com ele, livrá-lo-ei e o glorificarei. 16 Saciá-lo-ei com longevidade e lhe mostrarei a minha salvação. Isaías – 42 1 Eis aqui o meu servo, a quem sustenho; o meu escolhido, em quem a minha alma se compraz;
32
pus sobre ele o meu Espírito, e ele promulgará o direito para os gentios. 2 Não clamará, nem gritará, nem fará ouvir a sua voz na praça. 3 Não esmagará a cana quebrada, nem apagará a torcida que fumega; em verdade, promulgará o direito. 4 Não desanimará, nem se quebrará até que ponha na terra o direito; e as terras do mar aguardarão a sua doutrina. 5 Assim diz Deus, o SENHOR, que criou os céus e os estendeu, formou a terra e a tudo quanto produz; que dá fôlego de vida ao povo que nela está e o espírito aos que andam nela. 6 Eu, o SENHOR, te chamei em justiça, tomar-te-ei pela mão, e te guardarei, e te farei mediador da aliança com o povo e luz para os gentios; 7 para abrires os olhos aos cegos, para tirares da prisão o cativo e do cárcere, os que jazem em trevas. 8 Eu sou o SENHOR, este é o meu nome; a minha glória, pois, não a darei a outrem, nem a minha honra, às imagens de escultura.
33
9 Eis que as primeiras predições já se cumpriram, e novas coisas eu vos anuncio; e, antes que sucedam, eu vo-las farei ouvir. 10 Cantai ao SENHOR um cântico novo e o seu louvor até às extremidades da terra, vós, os que navegais pelo mar e tudo quanto há nele, vós, terras do mar e seus moradores. 11 Alcem a voz o deserto, as suas cidades e as aldeias habitadas por Quedar; exultem os que habitam nas rochas e clamem do cimo dos montes; 12 deem honra ao SENHOR e anunciem a sua glória nas terras do mar. 13 O SENHOR sairá como valente, despertará o seu zelo como homem de guerra; clamará, lançará forte grito de guerra e mostrará sua força contra os seus inimigos. 14 Por muito tempo me calei, estive em silêncio e me contive; mas agora darei gritos como a parturiente, e ao mesmo tempo ofegarei, e estarei esbaforido. 15 Os montes e outeiros devastarei e toda a sua erva farei secar; tornarei os rios em terra firme e secarei os lagos.
34
16 Guiarei os cegos por um caminho que não conhecem, fá-los-ei andar por veredas desconhecidas; tornarei as trevas em luz perante eles e os caminhos escabrosos, planos. Estas coisas lhes farei e jamais os desampararei. 17 Tornarão atrás e confundir-se-ão de vergonha os que confiam em imagens de escultura e às imagens de fundição dizem: Vós sois nossos deuses. 18 Surdos, ouvi, e vós, cegos, olhai, para que possais ver. 19 Quem é cego, como o meu servo, ou surdo, como o meu mensageiro, a quem envio? Quem é cego, como o meu amigo, e cego, como o servo do SENHOR? 20 Tu vês muitas coisas, mas não as observas; ainda que tens os ouvidos abertos, nada ouves. 21 Foi do agrado do SENHOR, por amor da sua própria justiça, engrandecer a lei e fazê-la gloriosa. 22 Não obstante, é um povo roubado e saqueado; todos estão enlaçados em cavernas e escondidos em cárceres; são postos como presa, e ninguém há que os livre; por despojo, e ninguém diz: Restitui.
35
23 Quem há entre vós que ouça isto? Que atenda e ouça o que há de ser depois? 24 Quem entregou Jacó por despojo e Israel, aos roubadores? Acaso, não foi o SENHOR, aquele contra quem pecaram e nos caminhos do qual não queriam andar, não dando ouvidos à sua lei? 25 Pelo que derramou sobre eles o furor da sua ira e a violência da guerra; isto lhes ateou fogo ao redor, contudo, não o entenderam; e os queimou, mas não fizeram caso.

Publicado no site: O Melhor da Web em 07/02/2019
Código do Texto: 139191

AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA!
DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs
Sou Fã de...
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.