Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
Silvio Dutra

Todas imagens extraídas da galeria do Google.
kuryos - Silvio Dutra
RSS - As recentes de:Silvio Dutra
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



Silvio Dutra
Aniversário: 25/11
Cadastrado desde: 29/08/2012 -

Texto mais recente: A difícil Aplicação do Mandamento de Jesus para que não Julguemos

Textos & Poesias || Evangélicas

Imprimir
Pensamento
09/02/2019
Autor(a): Silvio Dutra

Pensamento

A questão vital de se ter a habitação do Espírito Santo como prova de que pertencemos de fato a Cristo, não é de mero caráter locativo, ou seja, que se trate de uma simples deliberação da parte de Deus para que alguém possa alcançar a salvação. Como se fosse algo do tipo: “O Espírito Santo habita em mim, e portanto sou salvo, e estou na condição que agrada inteiramente a Deus.”
Devemos entender que a vida santa que somos chamados a ter, não pode existir de modo algum se não formos regenerados e santificados pelo Espírito Santo, operando este trabalho habitando dentro de nós. Mas, jamais poderíamos ter esta regeneração (novo nascimento) e santificação, caso não estivéssemos ligados a Cristo pela fé, pois é somente por meio de tal união a Jesus, que podemos ser redimidos, perdoados de todos os nossos pecados, e sermos justificados por Deus.
Agora, há um propósito em tudo isto, a saber, que sejamos purificados e capacitados a viver em unidade amorosa com Deus e com todos os que são da fé, na esperança de alcançarmos a perfeição absoluta na glória do céu. Evidentemente, este é um trabalho sobrenatural, celestial, espiritual e divino, e implica a nossa transformação progressiva à imagem e semelhança do próprio Jesus, sobretudo quanto ao Seu caráter e virtudes.
Então a vida santificada operada pelo Espírito Santo naqueles que pertencem a Cristo, é muito mais do que simples virtude moral. Posso dar um breve exemplo disso: Alguém é muito honesto, e então poderíamos pensar que por causa disso estaria habilitado a ser um dos futuros abençoados que habitarão o céu depois da morte. Mas, devemos indagar: o que motiva a honestidade de tal pessoa? Ele o faz para não somente entristecer o Espírito Santo, mas muito mais do que isto, para que possa agradar a Deus, ou por qualquer outro motivo? Por que entende que é bom ser honesto? É verdade, mas não suficiente para definir um filho de Deus. Porque aprendeu isto do exemplo de seus pais, e quer honrar a memória deles? Também não é a motivação correta e suficiente para descrever um salvo. Em razão de temer ser difamado ou sofrer algum tipo de punição? Estes e todos os demais motivos de sua honestidade que não correspondem ao primeiro citado, não definem um caráter que foi trabalhado pelo Espírito Santo e que implantou na pessoa um santo temor e amor ao Senhor.


Publicado no site: O Melhor da Web em 09/02/2019
Código do Texto: 139210

AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA!
DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs
Sou Fã de...
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.