Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
DIRCEU DETROZ

dirceu - DIRCEU DETROZ
RSS - As recentes de:DIRCEU DETROZ
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



DIRCEU DETROZ
Aniversário: 29/01
Cadastrado desde: 27/12/2012 -

Texto mais recente: A VISITA (Dirceu Detroz)

Textos & Poesias || Artigos

Imprimir
O APOCALIPSE EM MINUTOS (Dirceu Detroz)
17/07/2017
Autor(a): DIRCEU DETROZ

O APOCALIPSE EM MINUTOS (Dirceu Detroz)

Desde que a Guerra Fria entre americanos e russos teórica e tecnicamente terminou, ela continua, o conhecido Relógio do Apocalipse andava um tanto esquecido. Chegou a ser atrasado até faltarem dezessete minutos para a meia-noite. Uma eternidade.

O relógio foi criado pelos cientistas em 1947, e esteve em evidência no auge da Guerra Fria. Quando ambos os lados possuíam em seus arsenais atômicos, capacidade de destruir o planeta vinte vezes cada um. Como se destruir uma única vez não bastasse.

Com o desmoronamento do império soviético, pensou-se inicialmente que a ordem mundial continuaria estável. Os abalos se houvessem, seriam facilmente solucionados. Hoje é sabido que no vácuo deixado por qualquer poder outras forças nascem e se fortalecem. A sede de poder no DNA humano é insaciável.

Novas variáveis foram se incorporando a equação, trazendo os ponteiros do relógio novamente para próximo da meia-noite. Mesmo que seja em longo prazo, as questões ambientais têm a mesma capacidade de destruir o planeta que as ogivas nucleares. Será apenas uma vez. O sofrimento chegará fácil na potência de vinte vezes.

Com relação ao meio ambiente numa reportagem sobre o relógio, um cientista afirma que “não estamos caminhando na direção certa”. Desde que se apoderou do planeta, a raça humana nunca soube em que direção caminhar. Preferimos esperar que as divindades nos mostrem o rumo. Na fé e crença cegas erramos.

O Relógio do Apocalipse voltou a se aproximar perigosamente da meia-noite, com a ascensão de Donald Trump. A visão que se tem de Trump não é somente de um senhor da guerra. Ele também é visto que um “anjo” do apocalipse. E isto não apenas para os olhos dos cabalísticos. Trump tem aterrorizado a ordem mundial. O que ninguém enxerga, é que verdadeiro perigo está na ordem mundial criada.

Não temo Donald Trump, Kim Jong-un e nem as ogivas nucleares. Sempre digo: Não devemos temer aquilo que existe, e sabemos que existe. Devemos temer aquilo que existe, e não sabemos que existe. E na segunda hipótese creiam, existem muitas coisas.

Esta é uma variável importante que também deveria entrar na equação do Relógio do Apocalipse. Perto da tecnologia atual, as bombas nucleares são meros brinquedinhos. Acho até engraçado quando o meninão Kim Jong-un aparece se divertindo com elas e o mundo se espanta.

Já falei sobre isto. O enredo do romance “Inferno” de Dan Brown, que pode ser visto agora em filme, é ainda mais aterrador do que um artefato nuclear. Aquilo ainda é apenas ficção? Se a morte limpa do inimigo ainda é, está muito próximo de deixar de ser. E neste momento, infeliz de quem viver para ouvir o badalar da meia-noite.


Publicado no site: O Melhor da Web em 17/07/2017
Código do Texto: 135340
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA!
DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs
  • Adicionar como fã (necessita estar logado)
    Vai para a página Geral dos Fãs!
    Catherine
     
     
Sou Fã de...