Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
BEATRIZ NAHAS PINTO

Seja a mudança que você quer ver no mundo!(Gandhi)
Bia Nahas  - BEATRIZ NAHAS PINTO
RSS - As recentes de:BEATRIZ NAHAS PINTO
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



BEATRIZ NAHAS PINTO
Aniversário: 31/03
Cadastrado desde: 10/01/2016 -

Texto mais recente: Dama Na Sua Cama

Textos & Poesias || Beleza

Imprimir
6 Episódio da Série em Poesia - Coroa de Cinderella por Susi Allen
18/03/2020
Autor(a): BEATRIZ NAHAS PINTO

6 Episódio da Série em Poesia - Coroa de Cinderella por Susi Allen

Parte 1:

Amélie vai me pagar
Quando menos esperar
Porque vou me vingar
E meu reino reconquistar.

Minha beleza é superior
A qualquer uma que for
Porque me arrumo noite e dia
E quem se arruma, fica mais linda.

Ajudo as meninas a se encaixarem
Na sociedade até suas imagens se adequarem.
A garota que quiser eu posso ajudar
A se cuidar, a namorar e se embelezar.

Isso é o que o mundo quer da mulher.
Precisamos nos adaptar ao que o mundo quer.
Não podemos como Amélie achar
que a beleza natural deve ser o suficiente para nos amar.

Minha mãe sempre me disse
Se eu quiser ser famosa como ela: “Filha, acredite!
Eu só consegui ser a protagonista
Da novela das 9 porque investi para ser considerada “bonita”.”

Minha mãe pintou e cortou o cabelo de loiro,
Colocou silicone no peito e sutiã de bojo
E plásticas para afinar o nariz
E vários regimes para ser magra e feliz.

Se eu quiser me destacar,
Eu não posso chorar nem me zangar
E preciso estar com o garoto mais lindo,
Para ser popular e ser amada pelo colégio me seguindo.

Minha mãe disse que como uma abelha rainha,
Conseguiu tudo o que quis na vida:
Até se casar com meu pai, o rei, que era o solteiro mais cobiçado
Por ser lindo, inteligente, empresário e bem respeitado.

Eu cheguei como a princesa Cinderella no colégio de limousine como habitual,
E descendo do carro, minha amiga Jennifer veio correndo me dizer
Que sou capa de novo do jornal do colégio o que eu já sei sem entender
A pressa dela para que eu veja logo o jornal.

Estava escrito “Será que a superficial e ultrapassada Susi Allen
Vai continuar fazendo bullying contra `as que não se enquadrem`?”
Não acredito que esse jornal me insultou
Dizendo que superficial eu sou!

Essa matéria foi feita por quem?
Não tem o nome de ninguém?
Mas que matéria imunda!
Deve ter sido Amélie, óbvio, aquela estúpida!

De repente, sem que eu estivesse esperando,
Vi Amélie e David juntos de mãos dadas entrando,
Rindo, conversando e se beijando
sem nem me perceberem os encarando.

David não podia fazer isso comigo!
Ele me rejeitou dessa forma sem sentido!
Ah, mas eles que esperem… Vou ser discreta fingindo que mudei,
Mas quando menos eles esperarem, eu me vingarei!

Como podem me humilhar?
David sabe que com ele quero estar...
Eles estão pedindo o troco.
Então, vou retribuir em dobro!

Eu vou acabar com essa felicidade
Separando os dois com tamanha facilidade.
Vou mostrar que se me definem como superficial,
Vou agir assim já que não se ganha nada sendo natural.

Eu e Luke separá-los já planejamos.
O aniversário de Marc duas semanas adiamos.
No condomínio, faremos uma festa.
E lá, vamos separar essa merda!

Parte 2

Eu fingi para Amélie que quero muito a ver
Porque quero dançar com ela pra valer.
Jane, Gabriely e ela chegaram juntas rindo.
E eu perguntei intrigada o que as estavam divertindo.

Jane diz que é porque tem um garçom que é meu conhecido.
Eu disse rindo que achava o mundo pequenino.
Amélie pareceu se lembrar de algo e me dizer
Que, com a matéria do Jornal de hoje, não teve nada a ver.

Eu morrendo de raiva
Por ela se mostrar tão falsa
Me contive e disse que nela acreditava
E que eu não tinha ficado chateada.

David chega lindo com uma blusa azul polo
E quando ele deu um beijo em Amélie, me subiu um ódio
E uma vontade de bater nela naquele momento
Mas me segurei para não estragar o plano secreto.

Eles mal poderiam esperar.
Vou me acalmar porque eu vou separar
Esses dois para sempre facilmente…
E David vai ficar comigo eternamente.

Enquanto Charlie não chegava, Luke e Richard chamaram David pra dançar.
Jennifer pediu ajuda de Amélie porque queria conversar
Sobre como ela não aguentava a mãe sempre reclamando
De como ela não faz nada direito por estar pouco se lixando.

Amélie aconselha Jennifer gentilmente
A conversar com a mãe como se sente
E procurar se ver com mais capacidade
De dizer seus sentimentos de verdade.

Jennifer se comoveu profundamente
Porque não esperava isso de Amélie sinceramente.
Nunca recebeu tanta atenção de alguma amiga.
Nunca se sentiu realmente ouvida e acolhida.

Antes da festa, no colégio, eu pedi para o Luke no intervalo,
Discretamente, instigar em Amélie o seu juízo desconfiado
Dizendo para Amélie ter cuidado
Porque David sempre teve várias mulheres ao seu lado.

Amélie disse que em David acreditava
E com Luke ficou bastante zangada
Embora também ligeiramente desconfiada
Já que ela sabe que David faz sucesso com a mulherada.

Luke me disse que Amélie ficou insegura
Se realmente David daria uma dura
Nas garotas que se aproximassem dele,
Mas ao mesmo tempo, queria dar uma chance a ele.

Luke comenta comigo: “Olha, Susi, Amélie muito bem David conheceu
E, como melhor amiga dele, na época, já percebeu
Que muitas garotas ele pegou e traiu no passado
Porque temia por Charlie de dizer que ele estava por sua irmã apaixonado.

Amélie foi para a festa com essa esperança
De que David fosse comprometido com essa mudança.”
Eu feliz disse: “Facilita o nosso plano essa insegurança
Para que fique mais fácil dar certo tirar o sorriso dela de criança.

Agora eu que de veria agir sem mais ficar enrolando:
Richard e Jack sumiram enquanto estavam dançando.
David ficou sozinho na pista de dança
E por não achar os garotos, ele estranha.

Eu apareço e pergunto se ele quer ajuda.
Ele recusa e só disse que estava em busca
Dos meninos que com ele estavam dançando,
Mas ele acha que como está lotado, acabou misturando…

Ele distraído ainda os procura com o olhar,
conseguimos de Jennifer e Amélie nos aproximar
depois de um pouco para a direita andar
E aí, percebi que esse era o momento perfeito para começar.

Eu disse que como os meninos não estão,
A gente poderia aproveitar para nos entregarmos à emoção...
Ele esta com o rosto direcionado à multidão,
Quando o peguei rapidamente, dei um beijo e ele me deu um empurrão.

Amélie viu bem na hora do nosso beijo
Quando Jennifer parou bem atrás do momento.
Amélie ficou surpresa e, em seguida, muito enfurecida:
Então, você está na mesma festa com duas meninas?

Ela continua: Devia imaginar
Que você não iria mudar…
David diz: Não, Amélie, não é o que você está pensando.
Susi me beijou quando menos estava esperando…

Amélie diz que essa é a desculpa perfeita
Para que eu acredite em você que nem besta…
Amélie virou para trás, saiu prestes a chorar,
Mas David pegou o braço dela dizendo para ela esperar.

David disse que armaram para nos separar
Enquanto Amélie se desvencilhava do seu segurar.
Amélie disse que queria que deixasse ela ir,
Mas David, com uma mentira, não poderia deixar ela se ferir.

Amélie disse tão ingênua: "Então você tinha que ter pensado antes.
E não acabar tudo entre nós em instantes.
O que está pensando? Com duas brincar?
Eu não quero mais com isso desconfiar. Para mim, não dá…! Me deixa!!"

David ia atrás dela, mas se enfureceu, virou para mim e berrou:
O que com isso você ganhou?
Eu fingi que estava magoada e disse que “a você eu fiz um favor
Porque ela não merece nada do seu amor”

David diz que com mentiras,
Só faz ele perceber que sou uma víbora maldita!
Eu ri e disse que ele vai perceber um dia
Que o que fiz foi a melhor coisa da sua vida.

Eu disse: Você se livrou! Você não perdeu!
Ele disse muito bravo: “Você ainda não me conheceu.
Para de continuar entre mim e Amélie se metendo!
Eu disse: Depois de todo o deboche, vocês estavam merecendo…

David disse que as coisas não se resolvem assim
Porque o ódio só vai voltar para mim
Quando a verdade aparecer
E totalmente so-zi-nha eu vou sofrer.

Ele foi embora nervoso
Depois de dizer “so-zi-nha” muito grosso.
Se ele me menospreza, então eu vou continuar
Fazendo com que ele sofra ainda mais por so-zi-nha me deixar.

Como é que esse estúpido ousa
Me trocar por essa sonsa?
Ele vai ver o que é bom para tosse!
Eu vou manipulá-los como uma posse!

Voltei para a festa e percebi no cantinho
Amélie e Jennifer bem no escurinho.
Ouvi e percebi que Jennifer contou a verdade
De que foi tudo uma armação sem veracidade.

Eu disse: Só podia ser a burra para caguetar.
Jennifer disse que fez isso para que eu não volte a manipular
Todos e ela mesma para que a escola volte a virar um inferno se rendendo aos seus caprichos
De menina mimada e superficial que se acha a princesa Cinderella com seus submissos.

Eu disse: "Só faltava a Amélie revolucionária influenciar
até minha melhor amiga começando a se rebelar…
Amélie, parabéns! Tá conseguindo tudo o que é meu."
Jennifer sai dizendo que está cansada de aguentar eu me achando Deus.

Amélie ao lado se aproximou com raiva e querendo satisfação
Do motivo de eu ter feito isso com ela sem nenhuma noção…
Eu disse que eu gostava de David e ela se intrometeu.
Amélie diz: “Essa é sempre uma questão que o amor escolheu…

O sentimento espontâneo do amor impede de significá-lo como um jogo.”
Eu não queria aula de filosofia, então acabei cedendo levando a corte para o bobo:
Amélie, quero que você aproveite essa briga e diga que não quer mais continuar namorando
Se não o segredo de David sobre sua irmã toda a escola vai acabar fofocando.

Amélie ficou furiosa com a minha proposta
Tanto que se negou a me obedecer com uma chantagem idiota!
Então, eu fiz menção de que ia gritar para todos saberem o segredinho
Que no colégio hoje David contou a ela sozinho sem saberem que eu estava ouvindo.   

Eu insisti firmemente: Ou você de David se afasta
Dizendo que ele te traiu comigo hoje na balada
Ou a escola vai saber com uma mensagem simples, anônima e rápida
o segredo que ele tanto guarda e aí, a fofoca imediatamente se espalha.

Amélie queria saber o motivo.
Eu disse que quero que ele fique comigo.
Amélie pergunta: "Como você pode dizer o amar fofocando
Para a escola o que ele tanto vem se lamentando?"

Eu disse cheia de raiva que todos inclusive ele vão me pagar
Por tanto me rejeitar e me humilhar…
Amélie enfurecida disse que é um assunto delicado em que está traumatizado,
E eu sou uma egoísta por brincar com isso somente por ele ter te namorado.

Eu disse que não me importava
O sermão dela dizendo o que ela achava.
Eu só quero saber o que ela vai fazer...
E Amélie diz que por ele, ela é capaz até de morrer…

Parte 3

Para eu ter certeza o que realmente Amélie ia dizer,
Eu a segui discretamente seja o que for que ela resolvesse fazer.
Eu quero lutar pelo meu reino e não entregá-lo
Quando estiver sendo invadido e ameaçado.

A coroa confinada em minha mente
Diz que não devo me rebaixar simplesmente
Porque a subversiva resolveu se intrometer
Nos meus planos futuros do que eu vou ser…

Amélie iniciou uma guerra civil em meu reino
E não serei indiferente com o seu veneno
De roubar tudo o que é meu por direito
Já que eu conheci David primeiro.

Em 2005, Amélie no meu colégio entrou
E desde então, o David ela só enrolou.
Já eu conheci David tão gentil, lindo e popular um ano anterior
E desde quando eu o vi, desejei alucinada ter o seu amor.

Um pouco antes da festa terminar,
Estava atrás de uma árvore e observei David a campainha tocar
Da casa de Amélie que quando ela abriu, ele entrou rapidamente
Sem deixar que ela o impeça terminantemente.

Eu me aproximei um pouco mais da janela
Para ouvir o que eles estavam falando na casa dela.
Para mim, foi uma situação humilhante e constrangedora,
Mas precisava me assegurar do que ia fazer essa garota.

David entra na casa dela dizendo que precisa nele confiar
Já que ele realmente não imaginava que Susi ia aprontar….
Se ele tivesse imaginado, nada disso teria acontecido.
Ele realmente a ama e lamenta pelo acontecido.

Amélie responde que acha que ele lamenta
Que infelizmente ela o veja
E que não vai poder manter
A traição tão divertida sem ela saber.

David se aproxima impaciente e pergunta se Amélie realmente
Acha que depois de finalmente
Ter conseguido com ela namorar,
Ele faria isso com ela colocando em risco tudo acabar…

Amélie faz uma pausa e diz que não sabe,
Mas acha que, para um garoto mulherengo, tudo vale….
Normalmente, a namorada é a titular e outras são para se divertir.
Como ela pode saber se ele não é desses de mentir?

David coloca as mãos na cabeça enfurecido e pergunta:
Como você pode isso de mim pensar e falar tão bruta?
Eu já fiquei com muitas e posso ter machucado umas,
Mas o que sinto por você é muito forte que investi na luta.

Amélie: Luta? Então, quer dizer, sou um jogo difícil que quer vencer?
Está jogando contra quem eu posso saber?
David franzi a testa, respira fundo paciente e diz que a ama de coração
Porque sempre sentiu por Amélie uma grande emoção.

Amélie diz que Não parece amá-la a traindo.
David diz que o que não parece é o que está ouvindo.
David diz que a boca de Amélie diz uma coisa e seus olhos dizem outra.
Mas, ela disse que obviamente ele estava inventando coisa.

David diz que a conhece muito bem se aproximando,
Amélie diz para ele não começar, mas ele a puxa para mais perto e, num ímpeto, acabou a beijando.
Foi um beijo intenso para que ela perceba
O quanto a ama tanto e seu corpo por ela reverbera.

Foi um beijo em que ele a segurou firmemente
Contra a parede para que ela sinto a intensidade do que ele sente.
Foi um beijo com toques e respiradas em sincronia
Até que Amélie o afastou e o empurrou na gritaria.

Amélie grita que não quer mais com ele estar.
Amélie grita que quer esquecer que ela chegou a com ele namorar.
David ofendido diz que não entende o motivo de tanta desconfiança,
que ele a ama demais e que não tem sentido toda essa insegurança.

Amélie internamente estava transtornada por dizer tanta mentira,
mas ela diz atuando que ele devia ter pensando nisso antes de traí-la.
Amélie friamente abre a porta e grita para ele sair
Porque não quer mais vê-lo depois de tanto a afligir.

David triste pela humilhação vai embora.
Amélie bate a porta com força e copiosamente chora.
Eu pude ver que realmente foi difícil tudo isso ela dizer,
Mas agora, pelo menos, eles se separaram, e então, só me resta a agradecer.

De tanto que ela chorava, deu um milésimo de segundo de pena,
Mas agora cabe a mim tentar consolar David e fazer a cena…
Eu fui atrás do meu príncipe para recuperá-lo,
Mas ele me olhou triste e extremamente derrotado…

David perguntou: "O que mais você quer se já conseguiu o que queria?"
Eu disse que ainda não consegui que namorasse comigo como eu gostaria.
Ele disse que o sentimento não dá para forçar nem controlar
E que simplesmente não dá para obrigar ninguém a nos amar.

Eu me humilhei sem nem notar dizendo: “Eu acho que você poderia sim a esquecer
E procurar ver minhas qualidades e o quanto eu faria tudo por você."
Ele disse que não tem dúvidas, mas ele simplesmente não pode me iludir
E gostaria de não ser visto por mim como um príncipe objetificado recriminado pelo que sentir…

David diz que se eu o ver como MEU príncipe sem escolhas,
Vou acabar o reduzindo numa coisa e sofrendo em bolhas.
David diz que se eu me ver como a Cinderella, uma perfeita princesa,
Eu não entenderia como alguém poderia não se apaixonar por uma realeza.

Eu disse que para ele, é fácil falar
Já que ele não sabe o que dá o sentimento do rejeitar…
Ele disse que devia saber que eu não deveria querer
Um amor falso de alguém sem, de fato, a merecer…

Em seguida, ele foi para a sua casa do condomínio e comecei a chorar desiludida
Ao ter desejado que a paixão dele por ela seja por mim sentida,
Mas talvez tenha vontade de viver um amor
Que seja o suficiente para me respeitar e me dar valor.

David falou tudo de coração que aceitei que tudo não é diferente
E não consegui vê-lo até aquele momento realmente como gente
Que sente, toma decisões e sofre independente de que eu seja inferior
Porque eu estava cega o condenando por não sentir por mim amor…

A festa terminou e quando estava partindo, eu vi o que parecia ser uma bruxa
Nos observando conversar discretamente muda.
Como uma princesa deveria expulsá-la, mas resolvi conversar
Para conhecer outro mundo permitindo uma pessoa diferente eu me aproximar

Em sua vassoura, ela me levou para eu conhecer
O lugar onde mora a comunidade de bruxas que mal podia saber
Perto das montanhas afastado da cidade
Para que possam viver com liberdade.

Eu pude olhar para bruxa como um alguém…
Não mais como um inimigo ou mais além…
Eu vendo as bruxas convivendo normalmente
Pude ver o quanto eu reduzi David a ser meu príncipe obrigatoriamente.

Quando a bruxa Morgan me levou para casa
Em sua vassoura, ela se despediu dizendo que quando quisesse, podia chamá-la.
Encontrei minha mãe fazendo a unha com uma manicure
E ela se assustou com o meu cabelo bagunçado como um mau costume.

A viagem da bruxa deixou meu cabelo maluco.
Mas curti com prazer a viagem em cada segundo
Deixando o vento levar minha dor
e me libertar de todos os padrões sociais que corroíam minha capacidade de amor.

Minha mãe me disse que uma moça boa
Não pode ir numa festa com o cabelo assim a toa…
Depois de tanta cobrança estética que engoli,
com a coragem e a espontaneidade de Amélie, eu a respondi:

“Espero que por trás da boa moça, você veja a menina
que pela aparência, dieta e status não é totalmente definida.
Espero que algum dia você consiga me olhar
Como sua filha real sem uma Paris Hilton esperar…”

Depois de uma longa conversa, minha mãe disse que me amava
Não pela maquiagem, aparência ou riqueza como tanto prestigiava
Até mesmo porque a felicidade vem dos momentos com nossa família
Além de nos enxergarmos com paciência, aceitação e valentia.

Valentia para olharmos que não somos perfeitas
Mesmo que passe essa impressão nas revistas à venda...
Valentia para nos olharmos com falhas e virtudes
E reconhecer nossa humanidade nas pequenas atitudes.

Quando segunda-feira chegou, resolvi mudar:
Pedi perdão a Jennifer e disse que como elas são iria aceitar,
Disse a Luke que com a chantagem eu ia parar,
Mas ele não se conformou mesmo eu tentando conversar.

Eu consegui aprender que a gente não é escrava
Para viver e pensar do jeito que nossa mãe fala.
Nossos pais são humanos e como nós são sujeitos a errar
E nós devemos ter a paciência de pedir perdão e perdoar.

No mesmo lugar que eu vi Amélie e David se beijando,
Eu vi agora, por minha culpa, os dois brigando.
David disse que se entristecia pela desconfiança
E por rotulá-lo como o mulherengo sem esperança.

Amélie diz que as coisas são assim…
Até que eu resolvi falar tudo por fim…
David ia embora, mas eu o chamei
E falei que com eles eu muito errei.

Disse: Amélie, não precisa mais fingir.
Dá para ver que é muito real o seu sentir.
Seu amor por David é tão forte
E não vou mais me meter desejando aos dois sorte.

Falei a David confuso sobre a chantagem.
E embora ele tenha dito que foi baixo e uma completa viagem,
Ele agradeceu e me perdoou por tudo,
E eu pude continuar minha vida não mais dominada pelo orgulho.

Mais aliviada sem o peso da coroa de Cinderella, para a sala eu fui indo
E apenas como Susi eu vi ainda David também aliviado sorrindo
E beijando Amélie por ela ter se sacrificado
Em nome do amor que agora por ela estava dobrado.

Publicado no site: O Melhor da Web em 18/03/2020
Código do Texto: 141129
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA!
DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.