Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
MARIA DE LOURDES LOPES DINIZ

Luly Diniz - MARIA DE LOURDES LOPES DINIZ
RSS - As recentes de:MARIA DE LOURDES LOPES DINIZ
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



MARIA DE LOURDES LOPES DINIZ
Aniversário: 17/02
Cadastrado desde: 31/03/2016 -

Texto mais recente: TEU CHEIRO

Textos & Poesias || Acrósticos

Imprimir
Estilhaços
17/05/2017
Autor(a): MARIA DE LOURDES LOPES DINIZ

Estilhaços



Sou o espelho quebrado pela pedra do
do destino, sou partes sem remendos, cortes
que não sangram, o infindo vazio, o eco que não ecoa,o refúgio perdido no limbo, a lágrima que nunca cai sem ter a nódoa da    mágoa; sou elenco sem uma obra um dramaturgo sem texto, um palhaço sem risos.
Sou dor sem solução, sou um meado de paz e guerra,sou vingativa, sou pura, impura e amor.
Sou meado da lua num dia de sol escaldante, sou um sorriso de criança que esmola entre carros de vidros escuros.
Sou uma lamentável farsa de felicidade, uma dose letal de saudade do que pensei ser felicidade.

Luly Diniz.
17/05/17.





Publicado no site: O Melhor da Web em 17/05/2017
Código do Texto: 134970
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA!
DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs
  • Adicionar como fã (necessita estar logado)
Sou Fã de...