Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
PAULO FONTENELLE DE ARAUJO

Este cheiro sobre o altar mor, será Deus ou a ferrugem noturna das catedrais
phfonte - PAULO  FONTENELLE  DE  ARAUJO
RSS - As recentes de:PAULO FONTENELLE DE ARAUJO
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



PAULO FONTENELLE DE ARAUJO
Aniversário: 20/01
Cadastrado desde: 06/03/2018 -

Texto mais recente: O ASFALTO DOURADO

Textos & Poesias || Contos

Imprimir
O TEOREMA
11/09/2018
Autor(a): PAULO FONTENELLE DE ARAUJO

O TEOREMA

Walter estava acamado no hospital curando uma pneumonia quando sua esposa entra em seu quarto. O doente então revela:

- Marisa, eu estava aqui pensando e finalmente compreendi o Teorema de Pitágoras! O quadrado da hipotenusa é igual à soma do quadrado dos catetos. Meus Deus, como é revelador!

A mulher que voltava do emprego não entende o início da conversa. Walter continua:

- No ensino médio tudo foi decorado por mim e os problemas eram resolvidos através de cópias de exercícios antigos, mas agora... o meu entendimento revelou que Pitágoras não só criou o Teorema como também o fez para que a sua compreensão pudesse dividir a vida de um homem em duas partes. A hipotenusa era um horizonte.

Walter com os olhos pregados na janela, relacionou o mundo quando não compreendia o tal Teorema. Existiam os corações das mães, os desejos femininos escondidos em cabeleiras loiras, a resposta mais rápida para todas as questões, professores com rostos malditos e outros objetos descartáveis. A partir de hoje, depois da ângulo reto do teorema, existe, como princípio, tudo o que a vida pode significar em sua harmonia.
Walter sente uma súbita melhora da doença e respira. Gostaria de comentar com a esposa, mas como esclarecer melhor que uma nova ordem dominou o seu universo a partir da ideia de que, em todo triângulo retângulo, o quadrado da hipotenusa é igual a soma dos quadrados dos catetos. Uma teoria tão simples universalizou a sua alma.

A esposa pareceu não entender, por um momento. Ela    trouxe uma garrafa térmica com café para passar a noite ao lado do marido. Depois chegou perto da cama, passou as mãos nos cabelos de Walter e disse:

- Hoje no metrô eu vi uma cena igual a tudo o que você disse: um adolescente arrumava os cabelos brancos de um homem mais velho. O idoso tinha o mesmo rosto do jovem. Tão parecidos. Depois percebi que eram pai e filho. Faz tempo que eu não via tanta harmonia.

Sim, a cena era simétrica, pensou Walter, já plenamente ingressado em seu novo mundo geométrico que pode ter começado ali: um pai e um filho.

Neste momento pediu um beijo de sua esposa.

DO LIVRO:"TOUROS EM COPACABANA" de Paulo Fontenelle de Araujo

Publicado no site: O Melhor da Web em 11/09/2018
Código do Texto: 138279
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA!
DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs
  • Adicionar como fã (necessita estar logado)
Sou Fã de...
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.