Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
ARADIA RHIANON

Onde existe luz, tudo é possível.
Aradia Rhianon - ARADIA RHIANON
RSS - As recentes de:ARADIA RHIANON
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



ARADIA RHIANON
Aniversário: 08/03
Cadastrado desde: 08/12/2008 -

Texto mais recente: Nós vamos invadir a sua praia

Textos & Poesias || Contos

Imprimir
Onde estao as minhas joias?
10/01/2019
Autor(a): ARADIA RHIANON

Onde estao as minhas joias?

Arlete andava meio assustada. Durante toda a sua vida, jamais acontecera algo assim. O sumiço de suas joias. Era um conjunto de peças de estimaçao, sem grande valor. Um par de alianças de ouro, um cordao de ouro, uma moeda de ouro cunhada em Roma, um anel de brilhantes, brincos.



Procurou a cansar pelos quatro cantos de sua casa. Nao conseguia imaginar onde as joias tinham ido parar.



Poucas pessoas moravam em sua casa. Ela o marido e um casal de filhos ainda solteiros.



Vasculhou em suas lenbranças onde poderia ter guardado suas joias que nao fosse o pequeno porta-joias que ficava em cima da comoda em seu quarto. Naturalmente, começou a pensar em duas linhas de acontecimentos. Ou tinha colocado as joias em outro lugar ou tinha sido roubada.



O tempo, senhor de todas as respostas, devolveu de forma triste o local onde estavam suas joias. Seu marido após vinte e sete anos de uniao, resolveu "fugir"de casa. Ela saiu para trabalhar, voltando mais cedo. Encontrou o quarto todo revirado, as roupas pelo chao, documentos em cima da cama. Uma loucura, parecia que verdsdeiro vendaval tinha passado pelo comodo.



Levou um mega susto ao ver que todas as roupas do Juvenal nao estavam mais no armario. Revoltada, imaginando o que acabara de acontecer, começou a arrumar a bagunça que encontrara. Para sua grande surpresa e decepçao encontrou uns papeis meio amassados, mas nao rasgados. Era um contrato de penhor em orgao da federacao, com a descricao de suas joias, em nome do Juvenal.



Ficou sentada pensativa durante algum tempo. Quando os filhos chegaram mais tarde, contou para eles o achado. Eles ficaram mudos e surpresos. Imaginando quantas outras açoes do pai e marido eles desconheciam.









Publicado no site: O Melhor da Web em 10/01/2019
Código do Texto: 138994

AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA!
DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.