Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
EMERSON MOREIRA DE OLIVEIRA

Eu sou o único ser que não sou.
moreirinha - EMERSON MOREIRA DE OLIVEIRA
RSS - As recentes de:EMERSON MOREIRA DE OLIVEIRA
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



EMERSON MOREIRA DE OLIVEIRA
Aniversário: 04/06
Cadastrado desde: 13/12/2008 -

Texto mais recente: GESTOS DE COMPREENSÃO

Textos & Poesias || Poema

Imprimir
ORGULHO, PRECONCEITO E VAIDADE
06/09/2019
Autor(a): EMERSON MOREIRA DE OLIVEIRA

ORGULHO, PRECONCEITO E VAIDADE

ORGULHO, PRECONCEITO E VAIDADE,
Como o ser humano é tolo,
Vaidoso, orgulhoso, prepotente e arrogante.
Trabalhei 25 anos
Em uma universidade particular.
Meus colegas professores,
Sentiam-se superiores,
Quem não fazia parte do esquema ideológico
Era marginalizado,
Professor de segunda categoria.
Como o tempo é o senhor da razão,
E passa rápido deixando suas marcas.
Vez por outra vejo a nota de falecimento de um,
Às vezes encontro com outros que não me reconhecem,
Outras vezes encontro outros, com acompanhantes
Pergunto o que ele tem?
Alzheimer não reconhece ninguém.
Pergunto cadê o orgulho, a vaidade, a arrogância?
Eles não tinham humildade,
Sentiam-se superiores a todos,
Tinham a convicção que eram expert em todos os assuntos,
Não tinham interesse em ouvir outras opiniões.
Eram os senhores da razão.
Chegou a velhice, acompanhada de doenças
E de uma bengala.
Desapareceu tudo: vaidade, orgulho, sabedoria e arrogância.
Nunca tiveram consciência da fragilidade da vida,
Nem da temporalidade existencial
E nunca souberam estender às mãos,
Ser solidários.
Eram tão inteligentes, mas cegos para os valores humanos.
O ser humano é o único animal vaidoso,
É vaidoso porque tem consciência de si mesmo.
Somos uma geração de narcisistas.
Vejamos as redes sociais e os reality shows.
Eles amam a si próprio acima de todas as coisas.
Eles ficaram cegos
E se colocaram entre a felicidade temporária,
E a fronteira da desgraça.
Nunca perderam amigos ou amizade pois nunca as tiveram.
Viveram e morrerão solitários.
El Brujo 17/08//2019


Publicado no site: O Melhor da Web em 06/09/2019
Código do Texto: 140439

AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA!
DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs
Sou Fã de...
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.