Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
WILLIAM MENDONÇA

Minha poesia é fugaz e inútil maresia, raiz de ventania ...
willmendonca - WILLIAM MENDONÇA

Textos & Poesias || Letras de música
Imprimir
AONDE VAI O POVO? (Conversa com o Brasil)
Autor(a): WILLIAM MENDONÇA
AONDE VAI O POVO? (Conversa com o Brasil)

                  Letra e música: William Mendonça

Aonde vai o povo?
Aonde vão meus versos?
Hoje te encontrei chorando
as lembranças de nós dois.

E vi tua alma nas ruas,
teu grito estancado,
teu grito torturado,
tuas mãos abraçando a luta.

E ouvi a voz das praças,
teu exílio dos meus lábios,
teu rastro na História,
tuas mãos revirando cinzas...

Aonde vai o povo?
Aonde estão teus sonhos, Brasil?
Hoje te conheci sem cortes
nos filhos que partiram...

Não, não vão passar
tuas correntes, teus medos,
os decretos, os segredos.

Mas, não vou chorar
o Sol da Liberdade,
teu Sol atrás das grades.

Não, não vais deitar
eternamente no teu berço esplêndido
com a ausência de um sorriso.

Vem, vem, não vais ficar
gigante pela própria natureza
sem te fazer gigante por ti mesma...

Aonde vai o povo?
Aonde irão teus filhos, Brasil?
Hoje te retirei da estante
- Não posso te esquecer!

Como anistiar teus passos
sem pensar nos corpos.
Ah, por que se calaram
tuas mãos em pedaços?

Como te ler nos jornais,
"nas escolas, nas ruas,
campos, construções",
se gritas censurada?

Te lembra da pátria armada, mãe servil,
e acorda a pátria amada, mãe gentil,
e grita o sonho de outro Brasil,             BIS   
não deixes adormecer eternamente
a Luz.

Publicado no site: O Melhor da Web em 30/09/2013
Código do Texto: 110909
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!
É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto
Meus Textos...







Galeria de Fãs