Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
EDUARDO EUGÊNIO BATISTA

A vida não procura a morte, se você sabiamente, não optar por merecê-la!
Setedados - EDUARDO EUGÊNIO BATISTA

Textos & Poesias || Sonetos
Imprimir
VIOLAÇÃO DA CARNE (Segundo soneto do meu 4º livro a ser lançado brevemente)
Autor(a): EDUARDO EUGÊNIO BATISTA
VIOLAÇÃO DA CARNE (Segundo soneto do meu 4º livro a ser lançado brevemente)


Da inocência, sem nenhum abrigo,
O algoz te levou ao inferno escrito;
No gosto pela carne, esse inimigo
Era a besta do seu fado maldito...!

Em pouco tempo a vida se acabou!
Choro martirizado na loucura,
Drama, que em dor no peito o desabou
Pela veste maldosa da tortura!

Deu-lhe na alma o rasgar d’um ultimato,
A que tão fraca vítima inocente,
Molhou de sangue e lágrimas, vil ato...!

Mostre compaixão por teu filho, ó Deus!
Que este, ao ser imolado tristemente,
Da esperança - apagou-se num adeus!




Eduardo (Setedados)
@Direitos autorais protegidos por lei

Publicado no site: O Melhor da Web em 21/10/2014
Código do Texto: 122748
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!
É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto
Meus Textos...




[ 1311 ] Texto s indicado s , porém não é o autor.




Galeria de Fãs