Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
EDUARDO EUGÊNIO BATISTA

A vida não procura a morte, se você sabiamente, não optar por merecê-la!
Setedados - EDUARDO EUGÊNIO BATISTA

Textos & Poesias || Poesia
Imprimir
SANTO DE INFINITA TRISTEZA - Poesia nº 27 do meu segundo livro "Internamente exposto"
Autor(a): EDUARDO EUGÊNIO BATISTA
SANTO DE INFINITA TRISTEZA - Poesia nº 27 do meu segundo livro "Internamente exposto"

De quem lhe trouxe as
Amargas lembranças nuas
E atadas, a percorrer um
Longo caminho no oculto,
Nesta vida em desalinhos
E de verdades tão cruas;
Compadecer-se-á, nas
Sobras de um eterno vulto!

A mente será fácil presa
De fatalidades escolhidas,
Que fere, no desabar de
Um céu de vidros afiados...
Limpam-se injustiças cegas
Do homem, tão sofridas,
Porém, ficam mágoas na
Carne por tantos pecados!

Nada lhe escapa, mesmo
Sendo de um bom coração,
Onde o penhor da obediência
Foi torpe sacrilégio mundano;
A despedida sem misericórdia
Ao olhar de um irmão,
Faz-te incapaz diante da
Escolha exata do soberano!

Ainda se achas feliz?
Se até tristeza é teu alimento,
Qual fadada é ao plantá-la
No corpo e, sem o saber,
Onde sua guerra interior
Nunca a vencerá no tempo,
Mesmo que pela pureza da
Tua alma, fales pra não sofrer!

Quando enfim partires da terra,
Levando contigo incertezas,
A revolta em seu espírito se
Acalmará, reconhecerá a fé
Que a vida deixou em tronos
De desonra e fraquezas...
E da morte antes temida,
Perante ela, por-se-á de pé!

Dentro de um túmulo de barro
Ao que se criou a tua imagem,
Inda que em teu lar, feito santo,
Tente ser ela, inteira esquecida;
A infinita tristeza em sua pele,
Vestida como uma roupagem,
Jamais será largada quando
A tua carne for consumida,
E a alma sem dó, destruída!



Eduardo Eugênio Batista

@direitos autorais registrados
e protegidos por lei

Publicado no site: O Melhor da Web em 28/02/2016
Código do Texto: 130719
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!
É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto
Meus Textos...




[ 1311 ] Texto s indicado s , porém não é o autor.




Galeria de Fãs