Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
EDUARDO EUGÊNIO BATISTA

A vida não procura a morte, se você sabiamente, não optar por merecê-la!
Setedados - EDUARDO EUGÊNIO BATISTA

Textos & Poesias || Prosa Poética
Imprimir
LITERATURA CASUAL
Autor(a): EDUARDO EUGÊNIO BATISTA
LITERATURA CASUAL

“Faço-me doce -
Férrea.
Faço-me ônix -
Abrigo vidas.
Faço-me doida -
Vistosa.
Faço-me amada -
Coisa da terra”.

“Navio navalha na água”.

“Saliva no ar estica a fuga”.

“Odeio o amor, mas, não amo o ódio”.

“Água que lava leva medo, modifica água que afoga”.

“Caí como uma rã no escuro do quarto mundo, muda”.

“Ria minha boca de serpente
enredada em braços anônimos,
legada espiã das almas”.

“Infla
Amável
Véu”.

PS. Meu cantinho dedicado às poesias e
textos literários de autoria da minha sobrinha
Ariane Batista, estudante universitária de História.


Publicado no site: O Melhor da Web em 21/04/2010
Código do Texto: 54057
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!
É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto
Meus Textos...




[ 1291 ] Texto s indicado s , porém não é o autor.




Galeria de Fãs