Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
EDUARDO EUGÊNIO BATISTA

A vida não procura a morte, se você sabiamente, não optar por merecê-la!
Setedados - EDUARDO EUGÊNIO BATISTA

Textos & Poesias || Trovas
Imprimir
SEPULTURA DE AMORES – (Uma trinca de trovas por dia...)
Autor(a): EDUARDO EUGÊNIO BATISTA
SEPULTURA DE AMORES – (Uma trinca de trovas por dia...)

Viver sem amar é uma dor,
Apenas quem sente padece.
E enganada por falso amor,
Mais comum do que parece.

Eu vivia em um palco de atores,
Em cada ato fingia-se cortesia.
Foram esses inventivos favores,
De quem falava que me queria.

Trancada no meu teatro da vida,
Não tenho mais os espectadores.
Deixaram em mim a grande ferida,
Numa isolada sepultura de amores.



Setedados

Publicado no site: O Melhor da Web em 18/07/2010
Código do Texto: 60307
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!
É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto
Meus Textos...




[ 1311 ] Texto s indicado s , porém não é o autor.




Galeria de Fãs