Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
WILLIAM MENDONÇA

Minha poesia é fugaz e inútil maresia, raiz de ventania ...
willmendonca - WILLIAM MENDONÇA

Textos & Poesias || Poesia
Imprimir
ENIGMA
Autor(a): WILLIAM MENDONÇA
ENIGMA

Sou enigma
ao me olhar no espelho ...
o rosto envolto em sombras,
um brilho nos olhos,
gosto de saudade de algo
que não pude ser,
desejo de que o tempo
não corroa o reflexo,
as dúvidas,
as quimeras,
as espinhas do rosto adolescente ...
Tudo segue
eu envelheço
e me procuro ...
Mas aqui,
só encontro o mesmo rosto
envolto em sombras,
o mesmo medo de parecer fraco,
e um toque de poesia ...


(Direitos reservados. Visite www.williammendonca.com)

Publicado no site: O Melhor da Web em 25/05/2012
Código do Texto: 91876
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO!
É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!

Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto
Meus Textos...







Galeria de Fãs